Carregando TV, aguarde...
Fechar
Você está em: Redes » Casais » O Pai Perfeito

O Pai Perfeito

A- A+

A medida da minha fidelidade nesta tarefa da paternidade será a medida da satisfação e da felicidade deles... Ser o pai perfeito que eles merecem e precisam não posso. Mas posso permitir que Deus o seja através de mim...

“Sede vós, pois, perfeitos, como perfeito é o vosso Pai celestial.” (Mateus 5:48)

Um pai perfeito... Duvido que algum de nós se candidate a este título. Confesso que me esforço, tento dar o meu melhor, amo meus filhos com um amor exagerado, mas constantemente me apanho em escorregões indesculpáveis. Não passa muito tempo sem que eu perceba que faltei com a atenção, que fui duro demais, que não fui solidário ou que simplesmente me esquivei da responsabilidade de ser o melhor amigo para todas as horas.

Ainda assim noto que meu esforço, embora longe da perfeição, não é vão. Jesus sabia mesmo o que estava dizendo quando sentenciou: “Se vós, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais o vosso Pai celestial...” Nada mais verdadeiro. Somos maus, nossa natureza é carnal e egoísta. Mesmo assim, tomados por um amor que parece fazer parte de nosso código genético, ainda conseguimos dar boas dádivas aos nossos filhos.

Mas há uma referência perfeita para a qual podemos olhar e correr. Perfeito é o nosso Pai Celestial! Se vivermos pela busca de nos aproximar cada vez mais desse modelo, certamente colheremos mais na vida dos nossos filhos.

Deus é perfeito em seu amor incondicional. Erremos ou acertemos, Ele nos ama intensamente. Suas portas sempre estão abertas para abraçar o filho que, arrependido, volta para casa. Haverá sempre um anel e uma festa à espera daquele que queira desfrutar da sua paternidade.

Apesar desse amor indestrutível, o Pai Celestial está longe de ser um “bonachão”. Seus limites são claros e inflexíveis. As regras da casa são explícitas, inegociáveis. Se é verdade que Ele nunca se nega ao perdão, é verdade também que Ele nunca aceita a transgressão. Ele governa por princípios, nunca entrega a casa à anarquia do sentimentalismo.

O Pai perfeito é altamente expressivo. Suas declarações de amor e seus gestos de carinho são sempre abundantes. Leia a Bíblia ou separe um tempo de qualidade para ouvi-lo em seu coração e você sairá convencido de que, para Ele (talvez, só para Ele) você é muito especial.

Se você acha que amor não combina com disciplina, reveja seus conceitos. O Pai Celeste tem uma vara na mão e a usa para corrigir nossa insensatez. Seu coração nunca pensa em castigo, pois o castigo é a mera punição por um erro cometido. Sua intenção é corrigir, ensinar, forçar uma mudança de direção quando a que nós escolhemos está equivocada. E uma vez que precisemos, Ele não hesitará em fustigar nosso “traseiro” até que voltemos ao bom senso e à obediência.

E como não falar da sua equidade? Ah, como eu queria acertar sempre as medidas, julgar com o mesmo peso e por critérios justos! Muitas vezes, percebi, já tarde demais, que a balança que usei não estava bem calibrada. De fato, preciso olhar mais para cima, aproximar-me mais do Senhor e ser influenciado por sua justiça. Ele sempre acerta na dose, ainda que, como crianças birrentas, nem sempre o aceitemos com prontidão.

Acima de tudo, o Pai do Céu é modelo. Ele não erra, não mente, não pode pecar, sequer tentado pode ser. Não há incoerências entre suas palavras e suas atitudes. Ele não é Deus de confusão. Seus passos podem ser seguidos e suas atitudes imitadas à risca. Ele é referência para tudo!

Hoje, quando olhar para meus filhos suscita em mim mais uma vez o desafio de buscar ser o pai perfeito (ainda que nunca o consiga), é fundamental contemplar o Senhor e encontrar a possibilidade, não de ser como Ele (pois eu sou homem e Ele é Deus), mas de simplesmente refletir como um espelho quem Ele é.

Sim, este é o segredo! Retransmitir o caráter do Pai Celeste sobre a vida dos meus filhos. A medida da minha fidelidade nesta tarefa será a medida da satisfação e da felicidade deles, presentes que recebi e que estão muito acima da minha dignidade. Ser o pai perfeito que eles merecem e precisam, não posso. Mas posso permitir que Deus o seja através de mim...

Edifique-se

Comunidade Cristã de Ribeirão Preto - Rua Japurá, 829 - Ipiranga
Ribeirão Preto SP - CEP 14055-100 - Fone: +55 16 3633-5957
comcrist@comcrist.org
Desenvolvido por Atual Interativa