Carregando TV, aguarde...
Fechar
Você está em: Edificação » Palavra Profética » Um lugar de excelência

Um lugar de excelência

A- A+

O lugar em que vivemos revela a nossa alma. Quando você entra numa casa suja, caindo aos pedaços, pode ter certeza de que o problema não está na casa e nem no bolso, mas na mentalidade de quem vive ali.

“Portanto se comeis, ou bebeis, ou fazeis qualquer outra coisa, fazei  tudo para glória de Deus." (I Coríntios 10:31)

Na semana passada apresentei à igreja um desafio, sendo explícito quanto aos valores que precisávamos prover para terminarmos a obra de reforma e ampliação do nosso templo. Graças a Deus e à correspondência desse povo abençoado que pastoreamos, conseguimos levantar em compromissos aquilo que necessitamos e até um pouquinho a mais, o que nos permitirá chegar ao ponto final desta obra.

Foi muito estimulante para mim ver a igreja se movendo com alegria para corresponder à necessidade. Foi confortador também receber tantas palavras de agradecimento e aprovação por ter exposto o que precisávamos e dar oportunidade para que todos participassem dessa conquista.

Levei pedradas também. Houve quem, não sendo do nosso povo, tivesse a iniciativa de mandar uma mensagem pelo nosso site nos condenando por “investir em templos suntuosos, enquanto pessoas precisam de uma cesta básica para viver”. Bem, graças a Deus já estou ficando curtido em relação a essas coisas e já aprendi que é impossível liderar qualquer projeto grande para Deus sem encontrar os que espreitam a nossa fé e atiram pedras. Não conheço grande líder algum que tenha sido uma unanimidade, a começar por Jesus.

Tudo isso, porém, tanto a fidelidade da maioria da igreja, quanto a crítica de quem reprova nosso projeto, me fez pensar que é importante afirmar os motivos pelos quais investimos tanto num templo como o nosso.

Em primeiro lugar, não estamos buscando suntuosidade, luxo ou ostentação. O custo desta obra é alto pelo seu tamanho. É impossível construir um prédio grande como o que precisamos com pouco investimento. É uma questão de necessidade. A família cresceu e, pra melhorar, estamos grávidos de uma multidão. Precisávamos “alargar a nossa tenda” e, como qualquer família faz, aumentamos o nosso espaço de acordo com a possibilidade.

Poderíamos, então, construir um grande barracão, sem ar condicionado, com piso de cimento, som de quinta categoria, telhado de zinco e coisas do tipo. Na verdade, se esta fosse a nossa única alternativa, é o que faríamos. Graças a Deus, porém, somos um povo que tem prosperado no Senhor e, com paciência e boa administração, poderíamos construir algo de melhor qualidade, como de fato estamos fazendo.

Repito que nosso alvo não é a ostentação, mas a excelência. Esses são conceitos muitos diferentes e que as pessoas confundem. Um é terreno, o outro é divino. Aliás, entramos neste ano debaixo da palavra profética “excelência ao Senhor”, lembra? Pois é, excelência pode ser traduzido como a busca pelo melhor possível.

Estamos investindo em qualidade, em primeiro lugar porque cremos que aquilo que é feito para Deus tem que ser melhor do que fazemos para os homens. Não que o Senhor habite em templos. Já sabemos que o verdadeiro santuário somos nós e que Jesus está presente em qualquer lugar onde dois ou três se reúnam em seu nome. No entanto, algo que construímos para ser um espaço de adoração e de fomento do reino de Deus é visto pelas pessoas, especialmente as de fora, sob uma identidade espiritual.

Já passou da hora de quebrarmos a mentalidade de que as coisas relacionadas à igreja devem ser tacanhas e mal feitas. Você vai à uma casa de shows e encontra qualidade, ouve música mundana e tudo é feito com o que há de melhor, entra numa empresa e dá crédito a ela pela estrutura que vê, enfim, encontra padrão no que é realizado para o homem e até para o pecado, mas o que é do reino de Deus tem que ser ruim? Algo está errado nessa forma de pensar.

Não estamos invertendo prioridades. Há coisas mais importantes do que templos. Graças a Deus, não deixamos de fazer nada do que Ele nos mandou fazer para investir nessa construção. Por isso ela demorou tanto para acabar (estamos há mais de seis anos em obras). Nesse período, enviamos missionários, multiplicamos nossas obras de assistência social, ordenamos novos obreiros, ministramos a mais de setenta cidades com nosso programa semanal de TV, abrimos novas células, enfim, fizemos o que era o principal e ainda pudemos investir na ampliação e melhoria da nossa casa. Isso é só para um povo que tem visão e conta com a bênção do Senhor para prosperar.

O outro grande motivo de investirmos na melhor qualidade ao nosso alcance é que queremos tratar bem quem está aqui e quem vier adorar a Deus conosco. Queremos que todos, tanto o rico quanto o pobre, se sintam acolhidos, valorizados, dignos e estimulados a perseguir a excelência em suas vidas. O lugar em que vivemos revela a nossa alma. Quando você entra numa casa suja, caindo aos pedaços, pode ter certeza de que o problema não está na casa e nem no bolso, mas na mentalidade de quem vive ali. Conheço pobres que na sua simplicidade revelam a nobreza que está em seus corações. Eles não são relaxados. Fazem sempre o melhor. É uma questão que nasce no interior do homem. Quem entra numa casa assim, se sente inspirado, abençoado, é estimulado a melhorar o seu próprio padrão. Ora, o templo que estamos construindo deve ser visto como o começo da nossa casa, porque é uma casa do nosso Pai. O homem desleixado que entrar aqui terá uma inspiração para mudar de padrão e aquele que busca a excelência sentirá que achou o seu lugar. Resumindo: Essa obra tem um nome: Excelência ao Senhor!

Veja AQUI as imagens da ampliação.

 

Edifique-se

Comunidade Cristã de Ribeirão Preto - Rua Japurá, 829 - Ipiranga
Ribeirão Preto SP - CEP 14055-100 - Fone: +55 16 3633-5957
comcrist@comcrist.org
Desenvolvido por Atual Interativa