Carregando TV, aguarde...
Fechar
Você está em: Edificação » Palavra Profética » Transforme-se pela renovação da sua mente!

Transforme-se pela renovação da sua mente!

A- A+

Ao falar da necessidade de mudar a mente, o apóstolo Paulo estava implorando à igreja. Ele sabia quão fundamental era que os crentes compreendessem isso e o buscassem.

“E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”  Romanos 12:2

Seja diferente, faça diferente, faça a diferença! Este é o rhema profético que o Espírito Santo nos deu para este início de ano.

Há coisas na vida cristã que devem ser previsíveis. As bases da nossa fé são sólidas e imutáveis. Jesus Cristo é a nossa pedra de esquina e sua Palavra nossa âncora, de onde não podemos, nunca, desprender-nos. Há alianças que nunca deveremos negociar e valores que não mudarão, ainda que o tempo passe.

Por outro lado servimos a um Deus criativo e dinâmico, cuja vontade e forma de agir, não se confina a uma rotina. Andar com Ele requer disposição de mudar, sempre.

Conforme o que Paulo escreveu em Romanos 12:2, não temos como experimentar toda a vontade de Deus se não nos transformarmos constantemente. E a forma de provocar essa transformação é renovar nossa mente, mudar nosso entendimento sobre determinadas coisas.

A maioria de nós tende a apegar-se à zona de conforto da rotina. Preferimos pautar-nos em nossa experiência do que aventurar-nos.

Até certo ponto, isso está correto. A experiência nos ensina e a aventura pela aventura pode nos levar a desastres. Entretanto, quando estamos em sintonia com Deus, muitas vezes seremos desafiados a coisas novas, que demandarão mudança de padrão nas nossas atitudes.

Ao falar da necessidade de mudar a mente, o apóstolo Paulo estava implorando à igreja. Ele sabia quão fundamental era que os crentes compreendessem isso e o buscassem.

Precisamos mudar nossa forma de pensar, primeiro em relação ao mundo. Quando nos convertemos, nosso espírito é religado imediatamente a Deus, mas nossa alma e especialmente nossa mente, ainda está com os padrões de pensamento que recebemos do mundo. É preciso substituí-los, trocar os antigos valores pelos do reino de Deus. Fomos transportados do império das trevas para o reino de Deus e agora precisamos aprender a viver de acordo com as leis, a cultura e os valores dessa nova cidadania.

O elemento fundamental para essa transformação é a palavra de Deus. Se não nos dedicarmos intensamente a ler, ouvir e colocar em prática a palavra, seguiremos dominados por velhos pensamentos que bloquearão nossa fé e nos farão pecar.

Quando Paulo se converteu, sua mente estava tomada por conceitos religiosos e padrões de raciocínio que ele havia adquirido em seus antigos relacionamentos e muitos anos de estudo. Foi necessário confrontar tudo aquilo com uma nova fonte de entendimento. Eu costumo dizer que, quando Jesus apareceu a ele, do meio de uma luz, no caminho de Damasco, suas luzes foram apagadas. Paulo ficou cego durante três dias. O Espírito Santo teve que produzir o apagão em suas ideias para que ele pudesse receber a grandeza de uma nova revelação.

De fato, depois ele testemunhou dessa transformação radical de mente, escrevendo: “Sim, deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; por amor do qual perdi todas as coisas e as considero como refugo, para ganhar a Cristo” (Fp 3:8). Perceba que Paulo aceitou essa transformação, fez dela a sua opção de vida.

Infelizmente, muitas pessoas vêm para a igreja mas não aceitam substituir os pensamentos mundanos e humanistas pelos conceitos da fé. Assim resistem à palavra de Deus, ao menos em parte, e são impedidas de viver o melhor de Deus.

A transformação da nossa mente depende dramaticamente do que a alimenta. Mesmo pessoas convertidas há muito tempo podem permanecer estagnadas em seu crescimento espiritual se continuam bebendo das fontes podres do mundo. A palavra de Deus nos diz: “Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes, o seu prazer está na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite” (Sl 1:1-2).

Perceba que há um antagonismo denunciado nesses versículos. Ou você se relaciona intensamente com as pessoas sem Deus, ou você se relaciona com a palavra. São fontes opostas e incompatíveis. Aquilo a que damos ouvidos molda a nossa forma de pensar.

Nos nossos dias, precisamos mais que nunca cercar-nos de relacionamentos da fé e dedicar-nos a ler e ouvir a palavra de Deus, mais do que qualquer outra coisa. Somente assim podemos fazer frente à enxurrada de valores corrompidos que vem do mundo. Com o poder crescente da mídia e da comunicação em massa, não apenas pela vias dos relacionamentos pessoais, somos assediados o tempo todo. E quando não controlamos as portas da nossa mente (o que vemos e ouvimos, em especial), acabamos sendo manipulados pela ditadura da massa. De repente, gente pervertida e sem Deus, sem que percebamos estará determinando como vamos nos vestir, que linguagem vamos usar, o que é moralmente aceitável, como criaremos nossos filhos, como trataremos nossos casamentos e por aí vai...

Cuidado com os “mentores” que você escolhe. Se a TV, a música mundana, as amizades carnais e coisas do gênero falam muito ao seu coração, é provável que você nunca terá a mente de Cristo. Melhor é dar ouvidos ao que diz ao que Paulo escreveu: “Tende cuidado para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo e não segundo Cristo” (Cl 2:8).

 

Edifique-se

Comunidade Cristã de Ribeirão Preto - Rua Japurá, 829 - Ipiranga
Ribeirão Preto SP - CEP 14055-100 - Fone: +55 16 3633-5957
comcrist@comcrist.org
Desenvolvido por Atual Interativa