Carregando TV, aguarde...
Fechar
Você está em: Edificação » Palavra Profética » Ponha ordem na desordem

Ponha ordem na desordem

A- A+

Enquanto não compreendemos o propósito da nossa presença no meio dos cenários caóticos, apenas os sofremos. Quando, porém, assumimos que somos o canal pelo qual o governo e a ordem de Deus pode se estabelecer, o milagre acontece.

Tudo o que não está sob o governo de Deus entra em desordem, vira caos. Aquilo que desconsidera ou se rebela contra os valores da Palavra Eterna se deteriora.

Quando Ezequiel foi posto pela mão do Senhor no meio de um vale tomado por ossos sequíssimos, o que ele viu foi o cenário do desgoverno, uma visão do que havia se tornado a nação de Israel por desprezar o Senhor.

Muitas vezes é nesse tipo de ambiente que nos encontramos. Olhamos para nossas famílias, para nossa cidade, para o lugar onde trabalhamos e até mesmo para nossas vidas pessoais e encontramos o arraso provocado pela ausência do reino de Deus. E o pior é que essas situações muitas vezes parecem ser tão irreversíveis que nem ousamos imaginar mudá-las.

O caos, porém, pode ser resultado da ausência de Deus ou da quebra de sua vontade, mas nunca será fruto de sua alienação.

O vale de ossos secos estava fora do governo, mas não fora do amor de Deus. Ele queria mudar aquela situação. Tanto isso é verdade que foi a sua mão que colocou o profeta no meio do caos (conf. vs. 1), tencionando usá-lo como agente da transformação.

Enquanto não compreendemos o propósito da nossa presença no meio dos cenários caóticos, apenas os sofremos. Quando, porém, descobrimos e assumimos que somos o canal pelo qual o governo e, consequentemente, a ordem de Deus pode se estabelecer, encontramos sentido para nossa luta e mudamos situações outrora incorrigíveis.

É para isso que vivemos neste mundo, para trazer o domínio de Deus. Fomos revestidos de autoridade para cumprir esta missão.

Estou seguro de que este novo ano será decisivo para aprendermos e vivermos esta realidade. 2012 será para nós o ano do governo do Senhor. Prepare-se para o desafio!

Transformar o caos em ordem sempre obedecerá um processo que começa por reconhecer onde está a autoridade suprema, a vontade soberana. Ao colocar Ezequiel no meio do vale de ossos secos, a primeira pergunta que Deus lhe fez foi: “Filho do homem, acaso, poderão reviver estes ossos?” E a sua resposta foi: “Senhor Deus, tu o sabes” (conf. vs.3).

Não entenda essa resposta como uma evasiva ou uma expressão de dúvida. O reino do céu nunca vem pelas vias da dúvida. O que Ezequiel estava dizendo era, “Senhor, a transformação desse cenário terrível só depende de uma coisa: a tua vontade. A resposta está na tua mente e no teu coração. Se tu disseres que sim, então tudo é possível”.

O governo de Deus não vem quando usamos o seu Nome para estabelecer a nossa vontade, mas quando, sabendo a sua vontade, agimos em seu Nome. Portanto, nosso primeiro desafio sempre será afinar o nosso coração com a intenção do Senhor.

Na sequência, já tornando clara sua vontade, Deus diz a Ezequiel: “Profetiza a estes ossos e dize-lhes: Ossos secos, ouvi a palavra do Senhor” (vs. 4). É hora do homem agir e seu principal instrumento é repercutir a palavra que ele recebe do céu, ou seja, dar voz à profecia.

O governo de Deus nunca se estabelece no silêncio. Enquanto uma palavra não ecoar sobre o caos, nada mudará. Foi assim em Gênesis 1. A terra havia ficado deformada pelas trevas da presença de Satanás. Quando, porém, Deus disse algo naquele cenário tenebroso, a trans-formação começou a acontecer e houve luz.

Você precisa aprender a profetizar! Refiro-me à atitude de verbalizar a vontade do Senhor e sustentar esta voz até que as situações mudem. Sua família só entrará na ordem de Deus se houver um profeta ali, assim como cada dimensão da sua vida. Por isso, profetiza, ó filho do homem!

Agora, prepare-se para as crises da mudança. Quando Ezequiel começou a falar a vontade de Deus ao caos, um movimento assustador passou a ocorrer. Ossos voavam para todos os lados, cada um buscando o seu lugar na ordem divina. Imagine quão assustadora e desconfortável foi esta cena. Talvez, pior ainda do que o status quo de ossos inertes. Sim, porque às vezes há uma ordem na desordem. O que quero dizer é que nos acostumamos ao caos, aprendemos a conviver com ele e aceitá-lo como parte de nossa existência. Quando, porém, a profecia começa a operar, a ordem da desordem é rompida para dar lugar à ordem da ordem; e isso gera crise.

Não basta, porém, lidar com o desgoverno, confrontá-lo com a palavra de Deus. É preciso mover o céu. Por isso, o Senhor disse a Ezequiel: “Profetiza ao Espírito, profetiza, ó filho do homem, e dize-lhe: Assim diz o Senhor Deus: Vem dos quatro ventos, ó Espírito, e assopra sobre estes mortos, para que vivam” (vs. 9). Pode parecer estranho, mas a forma mais poderosa de oração é verbalizar para Deus a sua própria palavra, dizer a Ele o que Ele disse a nós, provocando assim um mover do céu que consolide o mover que a profecia produziu no caos.

2012 é o ano de viver intensamente isso. O desgoverno está aí, por toda parte. O governo está em nós. Portanto, conheçamos a vontade de Deus, submetam-nos a ela, profetizemos e oremos. Assim nós veremos juntos o vale de ossos secos se transformar num cenário de conquistadores!

 

Edifique-se

Comunidade Cristã de Ribeirão Preto - Rua Japurá, 829 - Ipiranga
Ribeirão Preto SP - CEP 14055-100 - Fone: +55 16 3633-5957
comcrist@comcrist.org
Desenvolvido por Atual Interativa