Carregando TV, aguarde...
Fechar
Você está em: Edificação » Palavra Profética » Casas de Paz: o tempo da conquista

Casas de Paz: o tempo da conquista

A- A+

Estamos chegando ao “Dia D”, 14 de abril, quando pretendemos conquistar milhares de pessoas através da implantação de 1900 Casas de Paz. Sabemos que isso envolve uma grande batalha espiritual.

“Gritou, pois, o povo, e os sacerdotes tocaram as trombetas. Tendo ouvido o povo o sonido da trombeta e levantado grande grito, ruíram as muralhas, e o povo subiu à cidade, cada qual em frente de si, e a tomaram” - Josué 6:20

Estamos chegando ao “Dia D”, 14 de abril, quando pretendemos conquistar milhares de pessoas através da implantação de 1900 Casas de Paz. Sabemos que isso envolve uma grande batalha espiritual. Temos que fazer cair por terra fortalezas espirituais que prendem estas vidas na perdição.

Diante disso, esta semana será decisiva e vamos fazer muitos atos proféticos, cercando a cidade com oração e jejum.

Deus nos deu um comando para que nos inspiremos nos movimentos do povo de Israel, antes de derrubar as muralhas de Jericó.

Vamos cercar a cidade com oração (Js 6: 1-3). Durante esta semana, a cada dia um grupo de pastores, líderes e intercessores estará numa das entradas da nossa cidade orando, fazendo atos proféticos e determinando que os demônios que mantém famílias cativas, percam suas forças e batam em retirada. Enquanto isso, as células estarão reunidas em oração. Esteja atento à escala publicada na última página, pois nela está o turno da sua macrocélula. Talvez seja necessário mudar o dia de reunião da célula nesta semana.

É importante que todo o nosso povo esteja unânime em oração, antes de fazer o barulho da conquista (Js 6:7-10). Um dos segredos da vitória em Jericó foi que todo o Israel participou daquele cerco de oração. Havia unanimidade e cooperação entre eles, preparando o ambiente para a conquista.

A mesma coisa aconteceu em Pentecostes. Antes do grande derramar do Espírito, quando três mil pessoas se converteram num só dia, os cento e vinte cristãos daquela igreja permaneceram unânimes em oração. Assim também nós vamos fazer e sua participação é fundamental!

Vamos nos consagrar a Deus (Js 6:18). Uma das exigências que o Senhor a Josué fez foi que todo o povo se santificasse e não tocasse nas “coisas imundas”. Nós vamos fazer isso também, cuidando para que não haja pecados em nossa vida (se houver qualquer coisa quebrando a santidade em você, busque confessar isso ao seu líder e receber uma oração de libertação dele).

Precisamos manter a consciência de que vamos entrar em territórios dominados pelo reino das trevas e isso envolve batalha espiritual. A santidade é um respaldo para nossa autoridade.

Uma vez realizado esse bombardeio aéreo pela oração, vamos entrar nas casas dos “filhos da paz” e marcá-las para a salvação (Js 6:17). No próximo domingo, dia 14, faremos a primeira reunião nas casas de paz que conseguimos abrir e usaremos mais uma vez o nosso programa de TV para que nossos pastores possam dar uma palavra de fé a todos os filhos da paz. Será um dia muito importante! Como aqueles espias que, antes de tomar Jericó, visitaram a casa de Raabe e foram acolhidos por ela, deixando em sua janela uma corda vermelha, como símbolo do sangue de Jesus, vamos marcar estas casas, ungindo suas portas e amarrando uma fita vermelha na fechadura, declarando que aquele território agora é de Jesus.

Você já deve combinar com as pessoas que está contatando que no dia 14, domingo, às 8 da manhã levará um café para tomar com elas e às 8:30 h assistirão juntos o Programa UM PASSO DE FÉ, na TV Clube (Band).

Domingo será o dia de marcar o território, mas na sexta feira seguinte, dia 19, será o “ Dia da Confirmação”, quando nos reuniremos em todas as casas de paz abertas e faremos Ribeirão Preto ouvir o ruído da vitória do reino de Deus (Js 6:20).  Apenas nesta semana todas as casas de paz se reunirão na sexta-feira às 20 h, porque exatamente às 21 h, de todos os lugares onde houver uma casa de paz, dispararemos fogos de artifício e Ribeirão Preto não apenas ouvirá o “barulho da paz”, mas verá no céu daquela noite o sinal da luz dos filhos de Deus.

Será uma grande ato profético, anunciado a chegada do reino de Deus e a queda das muralhas que satanás levantou para prender as famílias. Se, eventualmente, alguma casa de paz implantada no dia 14 não puder fazer a reunião na sexta-feira, poderá fazê-la num outro dia da mesma semana, mas os semeadores da paz responsáveis por ela soltarão os fogos por ela no dia 19.

É tempo de orar e conquistar! Precisamos do envolvimento de todos, tanto na intercessão, quanto na disposição de buscar os filhos da paz e propor que abram suas casas para receber Jesus. Temos só esta semana para fazer esses contatos e convencer as pessoas de que valerá à pena elas abrirem seus lares para sete semanas de busca a Deus.

Não perca tempo, faça o maior número possível de contatos. Abra várias casas de paz. Seja uma instrumento poderoso nas mãos do Espírito Santo para transformação de famílias inteiras. Deus conta com você. Será inesquecível!

 

Edifique-se

Comunidade Cristã de Ribeirão Preto - Rua Japurá, 829 - Ipiranga
Ribeirão Preto SP - CEP 14055-100 - Fone: +55 16 3633-5957
comcrist@comcrist.org
Desenvolvido por Atual Interativa