Carregando TV, aguarde...
Fechar
Você está em: Edificação » Palavra Profética » Atitude para um novo tempo

Atitude para um novo tempo

A- A+

Estou convicto de que Deus já liberou um novo tempo sobre a igreja celular no ... Vi uma nova onda nascer e ela trará uma colheita tremenda para todos aqueles que ousarem se mover nesta unção.

Disse o Senhor a Samuel: Até quando terás pena de Saul, havendo-o eu rejeitado, para que não reine sobre Israel? Enche o teu vaso de azeite e vem; enviar-te-ei a Jessé, o belemita; porque, dentre os seus filhos, me provi de um rei. (I Samuel 16:1)

Estou convicto de que Deus já liberou um novo tempo sobre a igreja celular no Brasil e particularmente sobre nós. A sensação que tenho é a de que vi uma nova onda nascer e ela trará uma colheita tremenda para todos aqueles que ousarem se mover nesta unção.

Vivemos dias como aqueles em que Deus estava para levantar Davi e, através dele, conduzir Israel ao seu apogeu de conquistas.

Os anos iniciais da visão no Brasil se assemelham aos tempos de Saul. O primeiro rei de Israel foi levantado porque o povo quis ser como as outras nações (Conf. I Sm 8:5). Então o Senhor lhes deu Saul. Houve conquistas e avanços sobrenaturais, mas o rei se ensoberbeceu e passou a tratar o trono como se fosse seu e não mais um instrumento de governo de Deus sobre seu povo.

Em nosso passado recente aconteceu algo similar. A visão e o mover celular foram contaminados pelo orgulho e o nível das conquistas caiu visivelmente em todos os rincões da nação. Mas o Senhor trabalha no escuro...

Enquanto o velho governo se deteriorava na figura de Saul, Deus estava preparando uma nova geração por detrás das malhadas. Davi era ainda um menino desconhecido, irrelevante até mesmo para sua família, mas nele o Senhor já havia se provido de um rei para um novo tempo, de conquistas sem precedentes.

Chegou finalmente o tempo de virar a página e começar outro capítulo. Mas como sempre faz, o Senhor precisava de um homem fiel que desse o start a todo esse processo. Naquele contexto, a pessoa-chave era Samuel. Hoje, somos eu e você...

A palavra que veio ao profeta começa com uma pergunta cheia de inquietação do céu: “Até quando?”... Samuel precisava perceber que o tempo de Saul havia terminado e que era hora de deixá-lo para trás com todos os argumentos que ele representava.

Entenda, Samuel tinha um apego sentimental a Saul que podia atrasar ou mesmo impedir o novo mover de Deus. Mais do que isto, provavelmente a figura de Saul se tornara uma nódoa de decepção na alma do velho profeta. Ele era fruto do seu ministério e havia começado tão bem, mas erros repetidos o haviam colocado no rol das frustrações. Quem sabe agora Samuel estivesse vivendo na acomodação do status quo, olhando para trás e pensando: “ungir reis não vale à pena, não funciona muito bem”...

Muitos de nós, líderes na Casa de Deus, estamos assim, cheios de argumentos para não ousar mais, passivos, marcando passo, satisfeitos com o pouco que temos, esquecidos dos sonhos que um dia povoaram nosso coração... A pergunta do Senhor para nós é: “Até quando?”... Até quando nos submeteremos aos argumentos de nossa alma? Até quando choraremos as tentativas frustradas como se elas fossem uma sina pronta para se repetir? Até quando insistiremos em não assumir e perseguir alvos ousados? Até quando nos conformaremos em ver os anos se passarem e nossas células provando estagnação ou experimentando uma multiplicação tão tímida que mal repõe as perdas? Até quando insistiremos com líderes que não querem sonhar, que não conseguem sustentar a palavra da fé?

Deus já se mostrava impaciente... Samuel teria que desprender-se do passado e sair em busca do novo tempo. Uma unção fresca estava disponível e a ordem do Senhor era: “Enche o teu vaso de azeite!”... Sim, o azeite envelhecido de Saul não servia mais, os velhos argumentos precisavam ser jogados fora para dar lugar a um novo poder celestial.

Nossa mente precisa ser formatada. Sabe aquele computador que depois de um tempo de uso se tornou lento e pesado, ineficaz para as tarefas que deveria cumprir? Em seu disco rígido foram se acumulando, não só informações úteis, mas restos de arquivos obsoletos, vírus enviados não sei de onde e tanto lixo digital que a única maneira de fazê-lo voltar aos velhos tempos da produtividade é formatar seu HD, apagar tudo o que lá está e começar do zero... Nós precisamos passar por esse processo em Deus, com urgência. Até quando esperaremos? Talvez seja esse sentimento de pressa que leva Paulo a escrever Romanos 12:1-2 - “Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”.

Há uma casa de paz esperando que você bata à porta com o vaso cheio desta nova unção. “Enviar-te-ei a Jessé, o belemita; porque, dentre os seus filhos, me provi de um rei”... Ainda que seja nos lugares mais improváveis, ainda que seja para gente a quem nem mesmo sua família dê importância, ainda que seja para caminhar longas e cansativas jornadas, por favor, creia e obedeça. Há um tempo de avanço desenhado para nós, anos de grande conquista no reino de Deus, apenas esperando o nosso passo de fé. Até quando insistiremos com Saul, se o tempo de Davi já chegou?!!

Edifique-se

Comunidade Cristã de Ribeirão Preto - Rua Japurá, 829 - Ipiranga
Ribeirão Preto SP - CEP 14055-100 - Fone: +55 16 3633-5957
comcrist@comcrist.org
Desenvolvido por Atual Interativa