Carregando TV, aguarde...
Fechar
Você está em: Edificação » Doze Cestos Cheios » Um Deus que surpreende

Um Deus que surpreende

A- A+

Precisamos deixar o hábito de querer fazer do Senhor alguém previsível, que se submeta à lógica do nosso raciocínio ou aos gostos do nosso coração. Ele é surpreendente!

“Então , se lhes abriram os olhos , e o reconheceram ...Então, lhes abriu o entendimento para compreenderem as Escrituras.” (Lucas 24:31 e 45)

Vemos por toda a história o quanto o nosso Deus gosta de surpreender seu povo; desde o Velho Testamento até nos dias de hoje, podemos observar o homem esperando Deus de uma maneira de agir e Ele se apresentando surpreendentemente de outra.

Um grande exemplo é do profeta Elias (I Rs 19: 11-13) que esperava encontrar Deus em um grande e forte vento, porém o Senhor não estava ali. Depois, num terremoto, em seguida no fogo, e Deus não se encontrava ali onde Elias esperava. Para a surpresa do profeta, Deus se manifestou num cicio tranqüilo e suave.

Observe também os discípulos a caminho de Emaús (Lc 24:13-35). Não reconheceram Jesus, pois estavam impedidos de ver (vs. 16). A solução para o clamor da humanidade já havia chegado, mas “a ficha não tinha caído”...

Veja ainda em João 20:19, que após a ressurreição de Jesus os discípulos estavam trancados com medo dos judeus; Jesus já não havia falado que ressuscitaria? Por que não perceberam o tempo que estavam vivendo? Os discípulos só compreenderam as promessas, quando Este lhes falava sobre as Escrituras (Lc 24:45), então lhes abriu o entendimento.

Por que será que muitas vezes “a nossa ficha demora cair”? Creio que é porque colocamos Deus numa “caixinha” ou achamos que Ele é tão limitado quanto nós, pensamos que se Ele agiu assim ontem, hoje será igual.
Em meus 25 anos de caminhada com este Deus, já tive muitas surpresas, e todas maravilhosas.

Por volta do ano 2002, num período de intercessão por nações, eu clamava a Deus para me dizer em que nação Ele nos levaria, pois eu e minha casa temos um chamado de Deus às nações, porém sem nunca sentirmos peso específico por “nenhuma”. Neste momento o nosso Deus surpreendente me disse:

- Por que me pede uma nação se Eu já te dei? Por que pede peso por um povo, se vocês já possuem este peso? Acaso a juventude não é uma nação? Vocês já choram por eles! Conquiste-a! Eles têm uma cultura, uma linguagem, suas vestes, sua política, seus códigos, sua escrita, enfim a juventude é uma nação! E uma nação forte!

Então, “caiu a ficha”, meus olhos foram abertos naquele momento, pude ver que nação linda Deus havia nos dado, e para minha surpresa eu já estava em sua conquista e não havia percebido.

Talvez hoje você esteja à espera de uma resposta de Deus para o seu ministério, sua família, profissão ou até mesmo sua vida pessoal. Peça ao Senhor que lhe abra os olhos e não se esqueça de que Deus não vem da forma que esperamos. Talvez a resposta já esteja bem diante de você.

Como Jesus disse aos discípulos surpresos e atemorizados, assim Ele te diz: - Por que estais perturbados? E por que sobem dúvidas ao vosso coração? Hoje a promessa chegou!

Peça ao Senhor para lhe dar visão da eternidade, para lhe abrir o entendimento, para que possa compreender as promessas de Deus, para que você perceba o tempo profético que estamos vivendo. Então você verá que o tempo de deserto talvez acabou e que você já está à frente da terra prometida, pois nosso Deus sempre nos surpreende.

Por autor

Edifique-se

Comunidade Cristã de Ribeirão Preto - Rua Japurá, 829 - Ipiranga
Ribeirão Preto SP - CEP 14055-100 - Fone: +55 16 3633-5957
comcrist@comcrist.org
Desenvolvido por Atual Interativa