Carregando TV, aguarde...
Fechar
Você está em: Edificação » Doze Cestos Cheios » A prosperidade que vem de Deus

A prosperidade que vem de Deus

A- A+

Deus quer sejamos prósperos, mas o que é ser próspero? A ideia que temos de uma pessoa próspera é: casona, carrão, empregão, e por aí vai. Mas na verdade, prosperidade é muito mais do que isso.

"Amado, desejo que te vá bem em todas as coisas, e que tenhas saúde, assim como bem vai a tua alma." III João 1:2

A prosperidade que Deus deseja que alcancemos é aquela que nos faz crescer naquilo que já temos, naquilo que Ele mesmo tem colocado em nossas mãos. Ser próspero, segundo a Bíblia, é alcançar o equilíbrio em, pelo menos, sete saúdes em nossas vidas:

Primeiro: saúde espiritual. A prosperidade vem de dentro e não de fora. Ela está no homem e não nas coisas. A história de Abraão e Ló nos mostra claramente esse princípio. Ló acreditava que a prosperidade estava no lugar, nas coisas que possuía. Por isso, ao separar-se de Abraão, escolheu partir para as campinas verdes de Sodoma e Gomorra. Abraão não pensava assim. Ele sabia que a prosperidade estava no homem, estava naquele a quem Deus abençoara e por isso não temeu partir para o deserto e lá prosperou, porque a bênção de Deus estava sobre ele.

Não deseje o dinheiro sem antes ter um encontro real com Deus. Quem obtém riquezas sem antes conhecer ao Senhor corre o sério risco de amar mais o dinheiro do que a vida. Será que isto é possível? Sim, infelizmente. Com frequência ouvimos relatos de pessoas que por causa do fracasso financeiro sobem até o terraço de um edifício e se lançam de lá dando cabo de suas vidas. Nunca ouvi um relato de alguém que pelo mesmo motivo tenha, por exemplo, vendido tudo o que ainda restava, tudo mesmo, colocasse todo o dinheiro arrecadado dentro de um saco, subido até o terraço de um edifício e de lá lançado todo o dinheiro ao vento, como alguém que estivesse dando uma resposta à vida, mostrando que ela é o mais importante e que se ainda a tivermos, podemos construir tudo de novo. O que é mais importante, o dinheiro ou a vida?

Segunda área de prosperidade: saúde emocional. Do que adianta ter dinheiro e ter estrutura para administrá-lo? O dinheiro na mão de pessoas sem estrutura emocional não é bênção, é maldição. Certamente você conhece ou já ouviu relatos de pessoas assim. Gente que tem dinheiro, mas não consegue ser feliz. Como se ouve muito por aí, o dinheiro pode comprar a melhor cama, mas não compra a paz ou o bom sono de que quem se deita sobre ela.

Terceiro: saúde física. Temos que nos preocupar com a nossa saúde física. O que comemos, como comemos, como cuidamos do nosso corpo pois ele é templo do Espírito Santo. Isto é muito importante. Dinheiro sem saúde, para que serve? Então, seja sábio e cuide de sua saúde afim de que o dinheiro lhe seja útil. Uma vez eu ouvi dizer que o nosso corpo, em um determinado momento da vida vem "apresentar a conta" do modo como o tratamos desde o dia em que nos tornamos responsáveis por ele. Acontece que, para muitos, infelizmente, o dinheiro que se tem nesta ocasião, mesmo sendo muito, não é o suficiente. Cuide do seu corpo de maneira que você tenha como pagar quando este lhe apresentar a conta.

Quarto: saúde familiar. Não há sucesso na vida de um homem ou de uma mulher que justifique o fracasso da sua família. Lutamos pelo dinheiro, trabalhamos por ele, investimos nesta empreitada quase todo o nosso tempo, vida, energia, tudo para conquista-lo. Porém, quando olhamos ao nosso redor, o que vemos? Quem está ao nosso lado para desfrutar conosco? Como estão aqueles que deveriam ser a nossa maior inspiração ou razão para alcançarmos o sucesso? Dizem que o homem, quando alcança sua tão sonhada independência financeira, começa a trocar tudo. Ele agora quer um carro melhor, uma casa melhor, melhor qualidade nas suas atividades de lazer, etc... O problema é quando ele entende que precisa de amigos melhores, filhos melhores, uma esposa melhor. Lutou muito pra ganhar aquilo que lhe tirará o que ele tem de mais precioso. Será que vale a pena?

Quinto: saúde profissional. Você ama o que faz? Se todos os trabalhadores do planeta, independente da profissão que escolheram e exercem, ganhassem o mesmo salário, você continuaria a fazer o que faz hoje? Descubra a sua paixão, trabalhe nela e seja feliz no que faz.

Sexto: saúde social. A qualidade dos nossos relacionamentos. A prosperidade, as riquezas, as oportunidades estão nas pessoas. Quem ensinou você a andar, falar, raciocinar, desenvolver sua profissão? Pessoas, certo? Deus usa gente! Diga o quanto você é rico nos seus relacionamentos que eu lhe digo a probabilidade de se tornar uma pessoa próspera, rica e bem sucedida.

Finalmente: saúde financeira. A capacidade de crescer naquilo que se tem. Saiba que a prosperidade que vem de Deus é como um pacote. Ela traz consigo bênçãos, mas também consequências e cabe a nós administrá-las. Portanto, é preciso preparar-nos para crescer, para enfrentar a inveja dos outros, para resistir ao mero materialismo... Mas que um homem abençoado por Deus tende a angariar mais bens, isso está na Bíblia de capa a capa.

Por autor

Edifique-se

Comunidade Cristã de Ribeirão Preto - Rua Japurá, 829 - Ipiranga
Ribeirão Preto SP - CEP 14055-100 - Fone: +55 16 3633-5957
comcrist@comcrist.org
Desenvolvido por Atual Interativa