Carregando TV, aguarde...
Fechar
Você está em: Edificação » Doze Cestos Cheios » Levante-se!

Levante-se!

A- A+

Em cada detalhe da natureza, Deus deixa marcas de sua presença e sua sabedoria. Na criação observamos muitas lições que Ele ministra a nós.

“Lembre-se de onde caiu! Arrependa-se e pratique as obras que praticava no princípio. Se não se arrepender, virei a você e tirarei o meu candelabro do lugar dele.” Ap 2:5.

Há algum tempo fiquei impressionado ao descobrir que uma girafa, quando nasce, cai de uma altura de aproxima­damente 2 metros. Logo após o nas­cimento, a mamãe começa empurrar o bebê a fim de que ele imediatamente se levante, pois caso não isto não aconteça, os preda­dores irão devorá-lo. Não há tempo a perder com os traumas do nascimento e da queda; permanecer muito tempo no chão é morte certa! O nascimento de uma girafa é bastante dramático, e basta pesquisar alguns vídeos para constatar isso.

A lição que tiro desta experiência única na natureza é que nenhum trauma ou crise, por pior que seja,  deve ser capaz de nos manter no chão. Permanecer prostrado diante de uma crise por muito tempo pode ser muito mais danoso espiritual e emocio­nalmente. Diante de um revés, pre­cisamos tomar a fir­me decisão de se levantar.

No livro de Apocalipse, vemos o Espírito Santo cha­coa­lhando uma igre­ja, empurrando-a de volta a seu lugar:  “Lembre-se de onde caiu! Arrependa-se e pratique as obras que praticava no princípio. Se não se arrepender, virei a você e tirarei o meu candelabro do lugar dele.” Ap 2:5.

É interessante notar que nos versos anteriores deste capítulo, o Senhor elogia esta igreja por tantas coisas como o trabalho, a perse­verança, etc. Porém uma área havia caído. Perderam a excelência do primeiro amor. Muitas vezes nos acomodamos a um nível pobre de relacionamento com Deus, à falta de unção no exercício de nosso ministério e até mesmo à problemas que se repetem em nossa família. Uma área caiu e seguimos fazendo todas as coisas como se nada tivesse acontecido. Quantas pessoas fazendo da intimidade com o Senhor, do ministério ou do casamento, um peso ao qual estamos presos e temos que arrastar.

O conformismo e a derrota não devem fazer parte da linguagem nem da postura de alguém que serve a Deus. O Senhor, ao ensinar esta igreja a resolver esta questão, disse: “Lembre-se de onde caiu”, ou seja, busque saber onde, quando, e como caiu. Reconhecer a queda de alguma área é o ponto de partida para a restauração.

Às vezes a queda é fruto de um pecado, e a atitude do filho pródigo, na parábola que Jesus contou, nos ensina o caminho da restauração: “Levantar-me-ei, e irei ter com o meu pai, e lhe direi: Pai, pequei contra o céu e diante de ti;” Lc 15:18. O pecado não confessado e tratado é um perigo iminente de morte espiritual. Nosso inimigo está à espreita com o fim de devorar-nos. Por isto, se faz urgente a necessidade de levantar-se, o que implica em arre­pendimento e confissão.

A queda, às vezes, é fruto de uma decepção ou ferida emocional, um fracasso profissional, a perda de um emprego, um problema familiar, uma decepção amorosa. Situações como estas podem lançar ao chão a vida de uma pessoa intensa em Deus. O passado faz com que muitas pessoas permaneçam prostradas e não podemos admitir isto. Se faz necessário a decisão de não deixar o passado governar nosso presente, muito menos nosso futuro. Nossos olhos precisam estar fixos no autor e consumador de nossa fé. Se você foi abatido em suas emoções, o Espírito Santo lhe diz hoje: Levante-se. O mesmo Espírito, que levantou Jesus de entre os mortos, habita em você e é a capacitação interior para que você perdoe, supere a ferida e levante-se.

Em Jo 5:6 a 9 é narrada a história de um homem paralítico havia 38 anos, cuja expectativa era de que alguém o levasse ao tanque quando as águas fossem movidas pelo anjo. Jesus, ao vê-lo ali, compadeceu-se dele, mas não o carregou até ao tanque, como em sua autocomiseração aquele homem esperava. O Senhor não o tratou como um paralítico, mas suas poderosas palavras dirigidas àquele homem prostrado foram: “Levante-se! Pegue sua maca e ande”. Imediatamente o homem ficou curado, pegou a maca e começou a andar” Jo 5:8,9.

O homem poderia ter decidido ficar no chão, mas optou crer e levantar. Quero dizer com isto que existe um poder tremendo na palavra de Deus e na ação do Espírito Santo para levantar-nos, ainda que o levantar implique em um processo. Seja perseverante, mas é fundamental que você tome a decisão em fé.

A palavra que Deus nos tem dado para 2011 é um ano de excelência. Caso perceba que exista em sua vida algo que caiu em relação ao padrão da vida excelente que o Senhor prometeu para você, levante-se!

Por autor

Edifique-se

Comunidade Cristã de Ribeirão Preto - Rua Japurá, 829 - Ipiranga
Ribeirão Preto SP - CEP 14055-100 - Fone: +55 16 3633-5957
comcrist@comcrist.org
Desenvolvido por Atual Interativa