Carregando TV, aguarde...
Fechar
Você está em: Edificação » Celulas » Mantendo o ânimo no coração (3ª parte)

Mantendo o ânimo no coração (3ª parte)

A- A+

Quais os motivos que dão espaço para que a tristeza finque bandeira no coração de um servo de Deus? Na ministração passada, vimos que a falta de intimidade com o Senhor e a autocomiseração são fontes de angústia. Hoje vamos ver três outros fatores.

Texto-Chave: Salmos 42:1-11

Vamos continuar estudando o Salmo 42. "Por que estás abatida, ó minha alma?" Essa é a grande pergunta que estamos tentando responder. Quais os motivos que dão espaço para que a tristeza finque bandeira no coração de um servo de Deus?
Na ministração passada, vimos que a falta de intimidade com o Senhor e a autocomiseração (sentir dó de nós mesmos) são fontes de angústia. Hoje vamos ver três outros fatores:

1) A TRISTEZA NOS DOMINA QUANDO DAMOS OUVIDOS À VOZ DOS SOFISMAS – Salmos 42:3,9,10 - Um sofisma é uma "mentira com cara de verdade"... Quando permitimos que sofismas entrem em nossa mente, eles nos levam a duvidar do caráter de Deus e a dúvida é uma cunha que abre brechas em nossa alma, por onde vazará o nosso vigor. Não podemos aceitar a voz das dúvidas. Aqueles que acatam sofismas do tipo “Deus não se importa comigo”, ou “Deus não virá me livrar”, perdem a sua base de apoio, não têm mais em que se apegar... Precisamos resistir à voz dos inimigos que querem nos colocar na condição de desamparados. 
A) PRECISAMOS MANTER FIRME A NOSSA CONFISSÃO E ESPERAR CONFIANTEMENTE NO SENHOR - Hebreus 4:14-16 - Mesmo quanto as circunstâncias parecem provar o nosso desamparo, temos que guardar o nosso coração em fé e abrir a nossa boca para confessar plena confiança em Deus.

2) A TRISTEZA NOS DOMINA QUANDO NOS AFASTAMOS DO AMBIENTE PROFÉTICO DA CASA DE 
DEUS - Salmos 42:4 – A igreja é o ambiente onde nossa alegria é renovada. Quando deixamos de nos envolver com os cultos da igreja, nossa alma se seca. Não fomos feitos para a solidão e nem para a passividade espiritual. Temos que resistir à tentação de deixar de congregar e isolar-nos numa caverna, pois ali a tristeza nos consumirá.
A) O CRISTÃO PRECISA TER RAÍZES NA CASA DE DEUS - Salmos 92:13 – Para mantermos a capacidade de florescer e frutificar, precisamos estar plantados na casa do Senhor. É na comunhão com os irmãos e nas ministrações que recebemos que somos fortalecidos, especialmente em momentos difíceis.

3) A TRISTEZA NOS DOMINA QUANDO ENTRAMOS EM CADEIAS DE PECADO – Salmos 42:7 – O pecado pode ser um acidente na vida de um cristão. Quando, porém, permitimos que uma cadeia de iniquidade se estabeleça em nossa vida, um abismo chamando outro abismo, um pecado chamando outro sem que tomemos uma posição radical de arrependimento e confissão, uma tristeza de morte começa a nos consumir. A não ser que busquemos confissão e libertação, ela poderá nos matar! 
A) O PECADO SEMPRE GERARÁ TRISTEZA NO CORAÇÃO DE UM FILHO DE DEUS – I Coríntios 7:10; Salmos 32:3-5; 51:8-12 – O próprio Espírito Santo, que habita em nós, se entristece com o pecado e nós sentimos isso. As palavras de Davi, nestes Salmos, demonstra o estado em que fica a alma de um crente, quando ele se deixa dominar pelo pecado e demora-se em confessar e 
abandonar o erro.

CONCLUSÃO - Havendo visitantes na célula, faça o seguinte apelo: “Como vimos, o pecado gera angústia. Ele é o principal problema do ser humano e o maior de todos os pecados é viver ignorando a vontade de Deus... Você não quer resolver isso, assumindo Jesus como seu Senhor e Salvador?"... Faça a oração de entrega com eles e consolide-os... Não se esqueça de levantar a OFERTA DA CÉLULA. Lacre o envelope diante de todos, após orar consagrando a oferta.

Edifique-se

Comunidade Cristã de Ribeirão Preto - Rua Japurá, 829 - Ipiranga
Ribeirão Preto SP - CEP 14055-100 - Fone: +55 16 3633-5957
comcrist@comcrist.org
Desenvolvido por Atual Interativa